APOIO ESPECIALIZADO PARA ESTUDANTES COM DEFICIÊNCIA VISUAL EM TEMPOS DE PANDEMIA

A EXPERIÊNCIA DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

Palavras-chave: Apoio especializado, Deficiência visual, Tecnologias digitais, Acessibilidade

Resumo

O texto objetiva relatar o trabalho de apoio especializado desenvolvido com auxílio de tecnologias digitais para os estudantes com deficiência visual da Universidade de Brasília. As ações foram realizadas pelo Laboratório de Apoio às Pessoas com Deficiência Visual da Faculdade de Educação. Metodologicamente, o apoio especializado foi assim organizado: identificação do estudante e dos recursos de acessibilidade de preferência; orientação para utilização de recursos de informática acessível e consultoria; e produção de material informacional acessível. As ações desenvolvidas foram fundamentais para a continuidade do processo formativo e para a permanência do vínculo dos estudantes com a universidade durante a pandemia.

Biografia do Autor

Aline Soares Guimarães, Universidade de Brasília

Graduanda do curso de Pedagogia na Universidade de Brasília, bolsista de iniciação científica pela FAP/DF, membro da equipe de adaptação de material informacional acessível do Laboratório de Apoio às Pessoas com Deficiência Visual (LDV/UnB) e componente do grupo de pesquisa gerações e juventude (GERAJU/UnB).

Maria Camila Vieira Octacílio, Universidade de Brasília

Graduanda de licenciatura em Pedagogia na Universidade de Brasília. Atualmente é membro da equipe de adaptação do Laboratório de Apoio às Pessoas com Deficiência Visual (LDV/UnB) e atua na produção de materiais em formato acessível. Foi bolsista de iniciação científica pela FAP/DF.

Angélica Marinna Cardoso Mota, Universidade de Brasília

Graduanda em Pedagogia na Universidade de Brasília. É membro da equipe de adaptação de materiais acessíveis do Laboratório de Apoio às Pessoas com Deficiência Visual (LDV/UnB).

Camila Alves Lima Gomes, Universidade de Brasília

Graduanda do curso de Pedagogia na Universidade de Brasília (UnB). Atualmente, colaboradora no Laboratório de Apoio às Pessoas com Deficiência Visual (LDV) da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília na adaptação e produção de materiais informacionais acessíveis. Bolsista pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP/DF). 

Guilherme da Silva Bitencourt, Universidade de Brasília

Estudante do curso de Pedagogia da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília. Compõe a equipe do Laboratório de Apoio às Pessoas com Deficiência Visual (LDV), na Faculdade de Educação, Universidade de Brasília. Atualmente desenvolve projetos de pesquisa e extensão na área da deficiência visual e estagia no Senado Federal, integrando a equipe do Instituto Legislativo Brasileiro (ILB). Atuou como bolsista pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - FAP/DF. 

Referências

BRASIL. Decreto n° 6.949, de 25 de agosto de 2009. Promulga a Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e seu Protocolo Facultativo, assinados em Nova York, em 30 de março de 2007.

BRASIL. Lei Nº 13.146, de 6 de julho de 2015. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência).

BRASIL. Portaria no 544, de 16 de junho de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais, enquanto durar a situação de pandemia do novo coronavírus - Covid-19, e revoga as Portarias MEC no 343, de 17 de março de 2020, no 345, de 19 de março de 2020, e no 473, de 12 de maio de 2020. Diário Oficial da União, Brasília, DF. 114 ed., 17 jun. de 2020. Seção 1, p. 62.

DISTRITO FEDERAL. Decreto n.º 40.509, de 11 de março de 2020. Dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do novo coronavírus, e dá outras providências. Diário Oficial do Distrito Federal, Brasília, DF. nº. 25, 11 de mar. 2020. Edição Extra, p. 3.

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA. Resolução do conselho de ensino, pesquisa e extensão n.º 0015/2020. Suspende o calendário acadêmico do primeiro semestre letivo de 2020 da Universidade de Brasília.

ZARDO, Sinara Pollom. Direito à educação: a inclusão de alunos com deficiência no ensino médio e a organização dos sistemas de ensino. 2012. 378 f., il. Tese (Doutorado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Publicado
2020-09-30