A contribuição do PIBID para repensar o currículo dos cursos de licenciatura

  • Carlos Soares Barbosa (UERJ)
Palavras-chave: PIBIS; Formação de Professor; Reforma Curricular

Resumo

O objetivo do presente artigo é analisar a contribuição das experiências do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) na reformulação dos cursos de licenciaturas em nosso país, haja vista a necessidade de se repensar a formação de professores da educação básica diante das demandas dos novos
tempos. Fundamenta-se na pesquisa sobre os conhecimentos construídos no subprojeto ‘Saberes de Jovens e Adultos e Saberes Docentes’, pertencente ao referido programa e desenvolvido desde 2013 por estudantes do curso de Licenciatura em Pedagogia da UERJ/Maracanã em uma escola de Educação de Jovens e Adultos do município do Rio de Janeiro. A pesquisa foi realizada entre os anos de 2014 e 2015 e utilizou-se de grupo focal, análise dos relatórios produzidos pelos licenciandos-bolsistas e observação de suas atuações na escola, além de entrevistas com os professores da escola parceira. Os resultados apontam as potencialidades e limitações da inserção dos futuros professores no cotidiano da escola desde o início da graduação, como está previsto nas novas diretrizes nacionais para a formação da educação básica (Resolução CNE n. 02/2015).

Publicado
2018-03-21