Bullying e cyberbullying no ambiente escolar: a utilização de jogos como instrumento de conscientização, prevenção e combate a essas práticas

  • Karla Michelle de Meneses Caeiro Braga (MPNTDE | UniCarioca)
  • Patrícia M. de Oliveira (MPNTDE | UniCarioca)
  • Paula Jucá de Sousa (MPNTDE | UniCarioca | IFTO)
  • Ana Paula Legey (NUCAP | MPNTDE | UniCarioca)
  • Antônio Carlos Mól (NUCAP | MPNTDE | UniCarioca | IEN | CNEN)
  • Victor Gonçalves Freitas (NUCAP | MPNTDE | UniCarioca)
  • Leonardo Trotta (UniCarioca | SEEDUC-RJ)
Palavras-chave: Bullying; Cyberbullying; Violência; Ambiente escolar; Educação

Resumo

A violência ocorre de diferentes formas na sociedade e pode ser caracterizada como uma das grandes problemáticas da
atualidade. Levando em consideração as abordagens e as características de atos violentos, este artigo visa abordar os fenômenos
sociais conhecidos atualmente como bullying e cyberbullying em duas escolas públicas, uma localizada no Rio de
Janeiro e outra em Tocantins. O objetivo principal foi averiguar se as tecnologias podem contribuir como instrumento
de conscientização, prevenção e combate ao bullying nas escolas. Assim, foi elaborada e aplicada, nas duas instituições,
uma sequência didática utilizando o jogo Estrela do Saber elaborado pelo Núcleo de Computação Aplicada da UniCarioca
(Nucap) O público-alvo do estudo foram adolescentes da faixa etária entre 14 e 17 anos e cerca de 78 professores. A fim de
obter dados, utilizou-se a pesquisa quantitativa, e, para a interpretação destes, empregou-se como base a técnica descritiva.
Como resultado, verificou-se que os recursos tecnológicos aliados a metodologias de socialização podem amenizar os
índices de violência escolar caracterizados como bullying e cyberbullying.

Publicado
2018-09-20