Aplicando o modelo de regressão linear para determinar as horas de aprendizagem: um estudo de caso.

  • Paulo H. L. Silva (UniCarioca)
Palavras-chave: Regressão linear; ITIL®; Exame de certificação; Tecnologia da informação

Resumo

Este artigo apresenta, de forma prática, a aplicação dos conceitos da regressão linear simples para estimar a quantidade de horas de estudo destinadas para candidatos à certificação ITIL® (Information Technology Infrastructure Library) V3 Foundation. Muitos candidatos não sabem qual o momento certo para a realização do exame. Alguns centros de treinamento avaliam algo entre 85% e 90% de acertos nos simulados para se ter a aprovação “garantida”. Ter uma estimativa de quantas horas de estudo são necessárias para obter tal desempenho ou se um curso irá ajudar a obter a certificação é o foco deste estudo de caso. O modelo proposto foi aplicado a dois grupos distintos de candidatos que prestaram o exame de certificação, mas apenas
um dos grupos realizou um curso preparatório oferecido por um grande centro de treinamento, enquanto o
outro grupo estudou por meio de livros, apostilas e simulados disponíveis pelos mais diversos meios (físico
e/ou digital). O modelo aplicado mostrou notória confiabilidade, demonstrando que o que realmente influi
é a quantidade de horas destinadas ao estudo, independentemente do candidato ter realizado um curso preparatório para certificação.

Publicado
2018-03-21