Políticas públicas e estratégias para a formação de professores da educação especial e inclusiva

  • Tainá Oliveira da Silva (UERJ)
  • Flávia Barbosa da Silva Dutra (UERJ)
Palavras-chave: Formação de professores; Educação especial; Políticas públicas para educação.

Resumo

Este artigo tem como objetivo promover uma investigação em relação às políticas públicas na educação especial e inclusiva,
buscando caracterizar a educação inclusiva dentro da realidade brasileira, especificando como se dá a formação de
professores sob a ótica da inclusão. Para alcançarmos tal objetivo, foi utilizado como base metodológica a pesquisa bibliográfica,
feita a partir do levantamento de referenciais teóricos já publicados por meios escritos e eletrônicos, cujos resultados
foram sistematizados e analisados em um quadro descritivo e demostram as principais dificuldades encontradas no
processo de formação de professores da Educação Especial e Inclusiva, como cursos de formação ministrados de forma
aligeirada, conteúdos apresentados em disciplinas compartimentalizadas, além de uma forte demanda por maiores discussões
sobre teoria e prática docente. Apesar de possuir embasamento teórico que oriente a formação docente, a educação
brasileira ainda carece de uma maior participação de professores e pessoas com deficiência na construção de estratégias
para a implementação e fiscalização de práticas inclusivas no processo de formação de professores.

Publicado
2018-09-20