A sala de aula de Paulo Freire - um estudo sobre o Ciclo do Conhecimento

  • Nilson Antônio Guzzo Junior (Professor de Filosofia e Sociologia no Colégio e no Centro Educacional Bruno Ostman)
  • Stephen Bigler (Prof.de Matemática e Física nos Col. Estad. Jornalista Tim Lopes, na Escola Chile e Teresa C.)
Palavras-chave: Conhecimento. Informação. Ciclo do conhecimento. Interações sociais.

Resumo

A aquisição do aprendizado denota uma forma de produzir conhecimento cuja ênfase está no conhecimento tácito e nas habilidades cognitivas. Na sala de aula, no entanto, este axioma não é considerado e, muitas vezes, o programa não é concebido a partir das histórias dos alunos, não é considerada esta
forma aprender. É fundamental que os conteúdos da matéria sejam ministrados considerando as pedagogias próprias dos alunos. Cada aluno tem uma história, e aprender, a partir de uma gênese de produção do conhecimento que evidencia o conhecimento tácito de cada um, permite alargar as fronteiras cognitivas e alavancar progressivamente o conhecimento geral. O Ciclo Gnosiológico de Paulo Freire mostra esta forma de aprender.

Publicado
2019-01-15