Jogo digital em uma proposta de sequência didática para a educação infantil: avaliação sob o ponto de vista dos professores

  • Nataly C. de A. Cabral (MPNTDE | UniCarioca)
  • Sheila da S. F. Arantes (MPNTDE | UniCarioca)
  • Thiago C. Pires (MPNTDE | UniCarioca)
  • André Cotelli (NUCAP | MPNTDE | UniCarioca)
  • Antônio Carlos Mól (NUCAP MPNTDE | UniCarioca | IEN | CNEN)
  • Ana Paula Legey (NUCAP | MPNTDE | UniCarioca)
Palavras-chave: Educação Infantil; Lúdico; Aprendizagem; Jogo Digital

Resumo

O presente artigo tem como objetivo principal avaliar a utilização de uma sequência didática proposta para a Educação Infantil
em que o processo lúdico na aprendizagem, característico desse segmento de ensino, fosse assegurado durante toda
a aula. Para isso, foi inserida no plano de aula a utilização de um jogo digital como ferramenta pedagógica. A abordagem
metodológica deu-se por meio da elaboração de uma sequência didática a partir do tema “Chapeuzinho Vermelho” e da
escolha de um jogo digital, que não necessita de internet para funcionar, como recurso pedagógico que possibilitasse atingir
as habilidades propostas para a aula. Além disso, foi realizada uma pesquisa com 78 professores de Educação Infantil
de escolas públicas e privadas da cidade do Rio de Janeiro, por meio de questionário, com intuito de avaliar a aceitabilidade
da sequência didática proposta. Concluiu-se que a maior parte dos educadores entrevistados encararam, de maneira positiva,
a proposta de sequência didática apresentada com a utilização de um jogo digital como ferramenta facilitadora do
processo de ensino-aprendizagem e que a utilizariam em suas aulas.

Publicado
2018-09-20